Empreendedorismo

Por que devo formalizar meu negócio?

Muito empreendedores atuam de maneira informal, pois têm medo de formalizar seu negócio. Temem cair na burocracia, pela carga tributária e os altos custos para manter uma empresa registrada no Brasil.

No entanto, nos últimos 6 anos, 5 milhões de brasileiros que trabalhavam por conta própria passaram a ser formalizados pelo regime de Microempreendedores Individuais (MEI), programa de formalização e inclusão produtiva e previdenciária que atende a pequenos empreendedores de forma simplificada, descomplicada e com redução de carga tributária.

Vantagens da formalização

Todo empreendedor que exercer alguma das quase 500 atividades relacionadas nas resoluções do Comitê Gestor do Simples Nacional pode ser microempreendedor individual e formalizar negócio, desde que seu faturamento anual não ultrapasse R$ 60 mil. Ao fazer isso, ele conta com a segurança do Estado e tem acesso a direitos previdenciários.

Quem se formaliza, além dos registros no Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ), na Junta Comercial e na Previdência Social, também vai usufruir das vantagens previdenciárias como aposentadoria, auxílio-doença e auxílio-maternidade.

Além disso, dentre as principais vantagens da legalização do negócio está a conquista do Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ) e a possibilidade de emitir nota fiscal — Dessa maneira, é possível conquistar novos clientes e mercados participando, por exemplo, de licitações ou entrar nas chamadas dispensas de licitação.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário