Empreendedorismo

Plano de negócios: a ferramenta-chave para empreender

Escrito por Jairo Santos

O plano de negócios é um instrumento de gestão que serve de guia para o planejamento de um empreendimento de êxito. Se trata de uma ação de mercado ou para a ampliação de uma unidade de negócio que auxilia no mapeamento de objetivos e passos que devem ser dados a fim de concretizar essas metas.

Sua função é reduzir ao máximo as incertezas e aumentar a viabilidade do planejamento. Tendo o plano de negócios em mãos possibilita ao empreendedor entender melhor a realidade do mercado em que pretende se inserir, determinando as estratégias e quais serão adotadas em diferentes momentos, especialmente para planejar ações futuras.

Um plano de negócios adequado e de excelência, pode levar até seis meses entre ser construído e aperfeiçoado. Além disso, é o passo inicial do empreendimento, pois sua construção delineará todos os caminhos estratégicos, táticos e operacionais da empresa.

Tendo em mente a importância do plano de negócios, muitos empreendedores ficam perdidos, sem saber por onde começar a elaborá-lo, ou mesmo com dúvidas sobre exatamente o que fazer. Vamos te ajudar a entender o plano de negócios e tirar suas dúvidas sobre seus principais pontos.

Práticas para elaborar o plano de negócios

O passo inicial é realizar uma pesquisa de mercado, pois antes de sequer pensar em abrir uma empresa, é crucial conhecer muito bem o mercado em que se deseja atuar. Nesse caso, o básico é pesquisar concorrentes e suas práticas de mercado e, se sua empresa for depender de fornecedores, vale ter rigor no processo de seleção.

Em seguida o plano de negócios precisa de um estudo de viabilidade, pois você precisa assegurar que possui capacidade financeira para tirar sua ideia do papel. Além disso, é nesse ponto que você saberá se há um potencial favorável de clientes interessados em sua proposta. Esse passo é importante pois o faturamento da sua empresa pode já nascer comprometido caso ela não ofereça soluções a muitos clientes.

Vale ainda mencionar a necessidade de ser um bom ouvinte nesse processo inicial de pesquisa, você deve coletar opiniões, primeiro em seu círculo de amizades, entre familiares, depois ampliando para outros campos. Pode ainda realizar testes antes de lançar-se ao mercado, pensando como uma startup, que modela seu negócio com base em vivências e opiniões reais, até alcançar uma solução ideal.

Plano de negócios

Como construir o plano de negócios

De forma resumida, existem algumas ações que são básicas na elaboração do plano de negócios para a abertura de uma empresa, são elas:

  1. Realizar uma profunda pesquisa de mercado
  2. Confirmar se a ideia de empreendimento interessa ao público
  3. Verificar quem são e o que fazem seus concorrentes
  4. Estabelecer um diferencial competitivo para se posicionar no mercado
  5. Verificar a existência de fornecedores para suprir suas necessidades operacionais
  6. Colete opiniões e percepções, certificando-se de que seu negócio está no rumo certo
  7. Prospectar cenários positivos, negativos e neutros, preparando-se para todas as possibilidades do mercado
  8. Realize pequenos testes que lhe assegurem a viabilidade da ideia de empreendimento
  9. Mensure os resultados e realize os ajustes necessários
  10. Elabore uma versão final do seu plano de negócios, tornando-o efetivamente viável.

Para saber detalhadamente como elaborar todos os passos do plano de negócios, veja a cartilha do Sebrae.

Pronto para empreender?

Nesse artigo você percebeu como planejar a abertura do seu empreendimento é importante e como o plano de negócios contribui para que você faça isso com mais segurança e assertividade.

Muitos empreendedores ainda se deparam com a questão sobre se devem elaborar eles mesmos ou contratar algum profissional especializado para elaborar seu plano de negócios. Nesse artigo falamos sobre isso, veja no link.

Além disso, o plano de negócios passa por mudanças que acompanham a evolução do mercado de forma geral. Antigamente os investidores eram mais propensos a investir em empresas que apresentavam planos detalhados e precisos.

Na contemporaneidade, porém, os investidores tendem a considerar melhores os planos de negócio que evoluem de testes rápidos, capazes de demonstrar bons prognósticos dos resultados objetivados pela empresa.

Aprendeu como dar início ao seu plano negócios e viabilizar seu empreendimento? Antes de dar início ao seu plano de negócios, que tal ter certeza de que o modelo em que você está apostando é viável? Veja nosso artigo sobre a definição do modelo de negócio!

Sobre o autor

Jairo Santos

Deixe um comentário