Gestão Financeira

Gaste menos dinheiro com o seu banco

Em tempos de contenção de gastos, uma boa dica para manter o orçamento no azul é observar os produtos e serviços cujos preços estão subindo em uma velocidade maior que a inflação, mas que podem ser eliminados sem sofrimento — Um tipo de despesa que preenche esses dois requisitos é a tarifa bancária.

De acordo com um levantamento realizado pela associação de consumidores Proteste, entre janeiro de 2013 e agosto de 2015, as tarifas cobradas pelos oito maiores bancos do país subiram, em média, 169% ou 8,6 vezes mais do que a inflação medida pelo IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que subiu 19,63% no mesmo período.

É possível economizar fazendo uma pesquisa rápida entre os preços cobrados pelas instituições (que podem variar). A comparação entre as tarifas pode ser feita pelo site Febraban Star, uma página criada pela Federação Brasileira de Bancos (Febraban) para mostrar as tarifas cobradas pelos bancos em diferentes tipos de serviços.

Os valores mostrados são sempre referentes aos serviços mais básicos oferecidos pelos bancos, que são aqueles utilizados com maior frequência.

Opções gratuitas

Além dos pacotes padronizados, os bancos são obrigados a oferecer, sem qualquer cobrança os chamados serviços essenciais, que são: um cartão de débito; dez folhas de cheque por mês; segunda via do cartão de débito; até quatro saques por mês; consultas pela internet; duas transferências por mês entre contas na própria instituição; e compensação de cheque.

Se você encontrar dificuldades para utilizar esses serviços, a Prosteste recomenda buscar a ouvidoria do banco para resolver a questão e, caso o problema não seja resolvido, a orientação é buscar os órgãos de defesa do consumidor e o Banco Central para registrar a reclamação.

Outra opção é a conta digital, que também é regulamentada pelo Banco Central. Nessa conta não há cobrança de tarifas por transferências e pelo envio de extratos, desde que essas operações sejam realizadas pelo caixa eletrônico ou internet banking.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário