Gestão Financeira

Encontre as taxas de juros mais baixas para empréstimos

O dinheiro ficou curto e só um empréstimo pode resolver a situação? Antes de tomar decisões precipitadas, vale a pena visitar a página do Banco Central que mostra as taxas de juros para as operações de crédito — Confira aqui.

A pesquisa mostra taxas cobradas nas seguintes modalidades (para pessoas físicas):

  • Aquisição de bens e veículos;
  • Cartão de crédito parcelado e rotativo;
  • Cheque especial;
  • Crédito consignado;
  • Crédito pessoal;
  • Desconto de cheques;
  • Financiamento de imóveis;
  • Leasing de veículos

Também há comparação entre as taxas para pessoas jurídicas (empresas).

O levantamento mostra a média das taxas cobradas, isso significa que, em uma mesma modalidade, as taxas de juros podem ser diferentes entre os clientes de uma mesma instituição financeira — Isso acontece porque cada pessoa represente um risco diferente para o banco, de acordo com sua capacidade de pagamento. Mas é uma boa referência na hora de pegar dinheiro emprestado.

A pesquisa é útil para quem pretende usar o crédito para comprar bens e imóveis, ou fazer um crédito consignado, pois nesses casos o cliente não está atrelado a uma instituição financeira e pode escolher com mais liberdade — O mesmo não acontece quando o crédito é ligado ao cheque especial ou cartão de crédito, por exemplo, que implica um relacionamento com o banco.

Antes de tomar dinheiro emprestado, considere os seguintes pontos:

  • Avalie se tem capacidade de pagar a dívida;
  • Não comprometa mais de 30% do rendimento líquido com as parcelas;
  • Prefira as linhas de crédito mais baixas, como consignado e crédito pessoal;
  • Lembre-se: quanto maior o prazo do empréstimo ou financiamento, mais juros irá pagar.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário