Empreendedorismo

Diferenças entre lucratividade e rentabilidade

Para os empreendedores menos experientes, termos técnicos específicos da área dos negócios podem gerar dúvidas. Essas dificuldades são comuns, principalmente quando se trata de termos parecidos, que normalmente são utilizados para casos semelhantes.

Embora sejam parecidos, lucratividade e rentabilidade são duas coisas diferentes. Mas, afinal o que significam esses termos, como calculá-los e qual o impacto de cada um no seu negócio? Confira!

O que é lucratividade?

Resumidamente,a lucratividade diz respeito à relação entre o lucro líquido e a receita total de determinada empresa. Ou seja, é a variável que indica o ganho obtido pelo seu negócio através dessa combinação — Para calcular a lucratividade, é necessário que você divida o valor do lucro líquido pela receita total.

Exemplo: Se o seu negócio tem um lucro líquido de R$ 20 mil — Isso representa o valor total de sobra após o fechamento de contas, pagamento de impostos, de pessoal e outras despesas. Esse valor resulta do que sobra da receita total (digamos que, nesse exemplo, seja de R$ 100 mil).

Ao dividir os R$ 100 mil pelos R$ 20 mil, temos como resultado o valor de 0,20. Multiplique esse número por 100 e você terá o resultado final de lucratividade. Nesse exemplo, a lucratividade ficou em 20%.

O que é rentabilidade?

Já a rentabilidade está relacionada com a velocidade de retorno do valor investido. Ou seja, para saber mais sobre essa variável, é preciso levar em conta o lucro líquido e o investimento feito. O cálculo é feito dividindo o lucro líquido pelo capital investido.

Exemplo: Supondo que o seu investimento inicial foi de R$ 50 mil em determinada aplicação, no prazo de um ano. No mesmo período (um ano), você obteve um retorno de R$ 300 mil.

Para saber o índice de rentabilidade, divida os R$ 50 mil, que representam o investimento inicial, pelo valor de retorno (R$ 300 mil, neste caso). Você obterá algo em torno de 0,166. Agora, multiplique esse número por 100 e você terá o resultado final de rentabilidade. Neste caso, o negócio obteve uma rentabilidade de 16,6% ao ano.

Quando utilizar cada um?

A lucratividade é usada a curto prazo, para saber se o negócio, de fato, se justifica. Para isso, ele deve pagar todas as despesas e ainda gerar lucro líquido. Por se tratar de percentuais, é possível através dela comparar o crescimento de  diferentes empresas, independentemente do setor ou tamanho.

Já a rentabilidade pode ser utilizada quando há a necessidade de sanar dúvidas a longo prazo, quando você não tem certeza se vale a pena realizar determinados investimentos em um negócio — Além disso, permite identificar o ciclo de vida. Por exemplo, quando as vendas são sazonais ou de produtos em alta, a rentabilidade deve ser maior para a sobrevivência do negócio.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário