Gestão Financeira

Como agir quando a meta não é alcançada?

Será que você sabe lidar quando fracassa em um compromisso que assumiu? Ao longo da nossa carreira, somos continuamente cobrados e continuamente cobramos. Agora, estamos no último  mês do ano, o mês da ansiedade para conhecer os resultados finais e desenhar novas estratégias.

Por isso, esta é a melhor hora de encontrar a resposta do que fazer se a meta que a empresa estipulou não foi alcançada.

1. Meta

Não encare sua meta como uma inimiga que precisa ser “batida”. Perceba que uma meta é uma chance rara, que você tem para aprender algo novo.

Dessa maneira, toda meta deve exigir um pouco mais do seu nível atual de conhecimento. Deve te fazer pensar nas habilidades que você já tem, mas também no que precisará aprender para chegar até ela. Além de novos conhecimentos, você terá uma chance de aperfeiçoar sua comunicação e de cuidar da sua agenda.

2. Autonomia

Quase nunca conseguimos escolher nossa meta, já que ela é uma imposição da empresa para todos. O que isso quer dizer? Que você não pode esperar a companhia te dizer em que pontos amadurecer — É preciso observar sozinho o que acontece no mundo, como isso influencia o seu país, seu mercado, sua empresa e, também, a sua carreira.

Novas habilidades surgirão dessa busca por conhecimento e assim pelos próximos anos… Afinal, é preciso pensar: “Onde você estará daqui a 5 anos?”.

3. Reconhecimento

Não alcançar uma meta não se trata simplesmente de não ser bom o bastante. Para um profissional maduro, assumir seus erros significa, acima de tudo, arcar com as consequências com responsabilidade.

4. Aprendizado

Ninguém gosta de não alcançar uma meta. Alguns vão fazer de tudo para não demonstrar suas derrotas, outros tentarão mudar as regras, mas os profissionais maduros buscarão a resposta para o seguinte questionamento: “O que eu aprendi?” — Vão assumir sua responsabilidade, vão seguir em frente, com um olhar mais experiente.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário