Finanças Produtividade

Venda pelo melhor preço!

Venda pelo melhor preço!

Ter os melhores preços na hora de vender é uma arte. De um lado, as necessidades de formação do valor do produto para manter seu negócio estável. Do outro, o cliente que sempre quer pagar menos. A seguir, confira nossas dicas!

Como definir os preços?

Para você vender pelo melhor preço, primeiro é necessário entender como funciona a precificação dos produtos da sua empresa. Existem duas formas de calcular o preço de venda de um produto: ou com base nos custos ou analisando o mercado e os preços dos concorrentes — No entanto, o ideal é unir as duas formas.

O cálculo do melhor preço de venda leva em conta quatro fatores: custo do produto (valor de compra ou soma dos valores das matérias-primas e insumos), gastos variáveis (como impostos sobre vendas, comissões, embalagens), gastos fixos (gastos ocupacionais e despesas administrativas) e o percentual ou valor do lucro pretendido — Com essas variáveis, chega-se ao preço de venda, que depois de definido pode ser comparado com a concorrência e, assim, delimitar o melhor preço.

Roteiro do melhor preço

A seguir, confira um roteiro para você dar ao produto o melhor preço, em relação aos concorrentes:

  1. Definir o custo real — considere o valor de compra, impostos, frete e outros custos — para ter disponível para venda na sua empresa o produto/serviço.
  2. Reconhecer o percentual de impostos incidentes sobre o faturamento da empresa.
  3. Calcular o percentual de participação dos custos fixos no faturamento médio mensal anual da empresa.
  4. Definir o percentual de comissão sobre as vendas.
  5. Estabelecer o percentual relativo ao frete de entrega ao cliente.
  6. Definir a margem de lucro para o produto/serviço.
  7. Calcular o markup para o produto/serviço.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário