Finanças Gestão de Pessoas

Olimpíadas Rio 2016: Comece a empreender

Olimpíadas Rio 2016: Comece a empreender

As Olimpíadas Rio 2016 está se aproximando e, consequentemente, várias oportunidades de empreender — Principalmente para os pequenos negócios.

Cerca de R$ 300 milhões do orçamento do Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 será destinado à contratação de produtos e serviços de micro e pequenas empresas.

De acordo com o Comitê, a estimativa é que cerca de 30 milhões de itens sejam adquiridos para a realização das Olimpíadas, com um orçamento previsto de aproximadamente R$ 3 bilhões. A meta é que 10% desse total seja negociado com micro e pequenas empresas.

Até outubro de 2015, cerca de 7 mil fornecedores já haviam sido mapeados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), e podem atender às demandas dos jogos — Para facilitar o processo de seleção das empresas interessadas foi criado o Portal de Suprimentos, que oferece serviços de pré-cadastro e cadastro de fornecedores.

Oportunidades nas Olimpíadas

Há oportunidades para diversas atividades, como comércio, serviços, turismo e gastronomia. Produtos e serviços de diversos tipos serão demandados para a organização dos jogos como, por exemplo, serviços de lavanderia durante todo o período — Serão cerca de 100 mil pessoas trabalhando em diversos segmentos.

Diversos segmentos já estão sendo demandados, como construções temporárias, gráficas, alimentação, informática, entre outras atividades. A seguir, confira uma lista com os principais serviços e setores:

  • Barcos de apoio;
  • Brindes;
  • Cabeamento elétrico;
  • Confecção (uniformes);
  • Construção civil;
  • Design de interiores e decoração;
  • Equipamentos de segurança;
  • Gráficas;
  • Lavanderia;
  • Móveis;
  • Produção audiovisual;
  • Software

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

Deixe um comentário