Comércio Eletrônico Empreendedorismo Marketing Digital

Como fazer promoções com mais resultados e menos gastos

Como fazer promoções com mais resultados e menos gastos

Em determinadas épocas do ano (principalmente no início do ano e em datas comemorativas) é comum observar as promoções que tomam conta do varejo. No entanto, reduzir aleatoriamente o preço dos produtos para imitar concorrentes nem sempre traz bons resultados.

A oferta deve ter um objetivo claro, um desconto que não comprometa a rentabilidade da empresa, prazo definido para terminar e uma comunicação que atinja diretamente o público-alvo. A seguir, confira algumas dicas para promover promoções eficientes para os pequenos e médios varejistas.

1. Qual o objetivo?

O propósito da promoção pode ser aumentar as vendas, divulgar novos produtos, conquistar novos clientes, fidelizar os antigos, entre outros. Ao perceber que as metas de vendas estão longe de ser atingidas e o estoque está cheio, pode ser a hora de reduzir os preços temporariamente.

Já em períodos que os consumidores estão naturalmente mais dispostos a comprar, os descontos podem ser um estímulo para que levem os seus produtos para casa — A promoção também pode funcionar como uma propaganda barata dos novos produtos.

2. Quais produtos colocar em oferta?

Os descontos podem ser aplicados apenas em uma peça, em várias ou em todo o estoque — O importante é que os produtos selecionados ajudem a alcançar o objetivo da promoção. Para isso, é recomendável dividir os produtos em dois grupos: os mais vendáveis (que têm mais saída e, geralmente, são mais baratos) e os mais rentáveis (que não costumam ser os mais vendidos, mas têm uma margem de lucro maior).

Quando o propósito da promoção é conquistar novos clientes, os produtos que devem entrar em oferta são os mais rentáveis. Esses itens costumam ter margem de lucro maior porque são mais elaborados e valorizados pelos consumidores — Ao colocá-los em promoção, a empresa chama a atenção para a marca e atrai consumidores que não costumam comprar seus produtos.

No entanto, produtos recém-lançados não devem ter seu preço reduzido, pois uma vez que o cliente conhece o produto com um preço mais baixo, dificilmente vai querer comprar por um preço mais alto.

3. De quanto deve ser o desconto?

O primeiro passo é avaliar as finanças da empresa. A promoção deve ser encarada apenas como uma ação de marketing ou ela deve dar lucro? — Quem cria uma oferta com o objetivo de vender mais ou atrair novos clientes, normalmente está preocupado em trazer mais dinheiro para o caixa.

Já as empresas que buscam fidelizar clientes ou apresentar novos produtos podem gastar os recursos sem contar com um retorno imediato.

4. Quando acaba a promoção?

A oferta pode ser programada para durar horas, dias, semanas ou meses. Quando o objetivo é aumentar as vendas e conquistar clientes, a promoção deve ser mais rápida (no máximo, um mês). A empresa deve estabelecer metas diárias ou semanais de vendas, podendo estender ou encurtar a duração da oferta de acordo com os resultados.

No caso de lançamentos de produtos, a promoção deve começar assim que o item chega às lojas e continuar até acabar o primeiro lote (ou respeitar o prazo máximo de 90 dias).

5. Como fazer a divulgação?

 Publicar anúncios em jornais e revistas são estratégias de divulgação caras para pequenas empresas. No entanto, a tecnologia é uma grande aliada: os links patrocinados (anúncios que ficam ao lado ou acima dos resultados de pesquisas em sites) tornaram-se essenciais para a publicidade online.

Um dos motivos é que os sites que veiculam esse formato de publicidade — Google, por exemplo — cobram pelo número de vezes que os consumidores clicam nos links, e não pela quantidade de exibições.

Isso permite que as empresas saibam se os números são atrativos e paguem apenas quando os consumidores demonstram interesse nos produtos oferecidos (o custo por clique costuma variar entre 5 centavos a 2 reais).

As mídias sociais também são ferramentas eficazes (e baratas) para divulgar ofertas. Há também a possibilidade de comprar anúncios no Twitter e Facebook e atingir um número maior de pessoas. Além disso, é possível publicar gratuitamente as informações da promoção na página da marca.

Ao publicar ofertas nas redes sociais, as empresas falam não só com seus seguidores,  mas têm a chance de atingir um grupo maior de pessoas — com o auxílio dos compartilhamentos dos usuários.

Sobre o autor

Empreendedor Magnético

1 Comentário

Deixe um comentário